Empresas

Empresas


 

Geral

Os nossas populares sessões de team building servem para promover a boa disposição e uma experiência única que será lembrada na empresa por muito tempo. Ao mesmo tempo proporciona uma oportunidade para praticar e analisar as forças em comunicação, organização, pensamento crítico, lógica e génio criativo num cenário de alta pressão…. Tal como no escritório, certo?

Para encontrar a chave no tempo limíte, as equipas devem:

Comunicar

Se dizes, “um… interessante” para ti mesmo e não alto, não vais conseguir escapar se não partilhares essa informação. Simplesmente não é suficiente gritar o que encontraste. Isto não ajuda a alcançar o resultado! Está tanta coisa a acontecer simultaneamente na sala que tens que assegurar que a tua ideia está a ser ouvida e seguida (a não ser que seja a ideia errada).

Liderar

Equipas que não conseguem sair não tem lideres suficientes no grupo para sugerirem conceitos, decidirem no caminho a seguir ou orientar o grupo para o resultado. É necessário mais do que um líder forte para organizar tudo, uma vez que existem várias tarefas a serem desenvolvidas em simultâneo.

Seguir

Demasiados lideres no grupo significa que as decisões não serão seguidas.

Pensar fora da caixa

O teu génio criativo e a velocidade com que o libertas ajudará os outros a perceberem os enigmas. Aqui é onde aquela parte do teu cérebro conhecida por sugerir ideias absurdas é libertada e ser recompensada.

Ouvir

 Não sejam o grupo que espera para aplaudir o miúdo no fundo da sala que diz: “Hei pessoal, acho que encontrei qualquer coisa!” pela 27ª vez durante os últimos 56 minutos, enquanto vocês não lhe ligam nenhuma. Todos na equipa são iguais e devem ser igualmente ouvidos. Qualquer um pode ter o génio criativo necessário para encontrar a chave.

Trabalhar em equipa

Individualismo é fantástico! Mas é um bilhete só de ida para perderem. Os desafios que poderiam ser facilmente resolvidos num minuto, podem necessitar de mais do que uma pessoa para resolver.

Acreditar que a equipa consegue escapar

Com o tempo a contar e uma série de pistas que parecem não ter nexo, o destino está decidido.
Aqueles que conseguem escapar, tem que praticar pensamento positivo e não desistir independentemente de quanto tempo faltar. A maioria dos grupos que conseguem escapar, fazem-no apenas a segundos do fim, tal e qual filme de Hollywood que proporciona doses interessantes de adrenalina!

Admitir os próprios erros

Existem uma multitude de soluções para os diversos enigmas do desafio. Se estás focado numa solução só porque alguém que tu acreditas ser “inteligente” te disse a resposta, e no entanto a resposta não te leva a novos resultados, então a pessoa “inteligente” estava errada.

A maioria dos grupos, organiza um jantar, cocktail ou reunião a seguir à sessão de team building para discutir e analisar a aventura vivida. Será possível encontrar ensinamentos valiosos que ficaram para sempre gravados na mente dos elementos da equipa.

 

Para reservar uma sessão privada para a tua equipa, por favor envia um email para a Escape The Room – info@escapetheroom.pt para mais detalhes.

Prepara-te para participar numa das sessões de team building com mais valor acrescentado e adrenalina que alguma vez fizeste!

Novo Desafio – Drácula. Será que ele ainda está vivo?

Drácula não morreu tal como descrito no livro de Bram Stoker. Na realidade fugiu de Inglaterra para Lisboa num navio. Abraham Van Helsing na sua incansável busca e extinção do Drácula veio atrás dele.
Tu e os teus amigos estavam a explorar uma mansão antiga abandonada quando encontraram esta sala. Ficaram presos.
Será que o Drácula ainda está vivo? O que aconteceu a Van Helsing? Há forma de saír ou ficam aqui para sempre?

Powered by WordPress Popup

Ao continuar a navegar este site, aceita a utilização de cookies. mais informação

As definições de cookies neste website estão definidas para "aceitar cookies" de forma a proporcionar-lhe a melhor experiência de navegação possível. Se continuar a usar este website sem alterar as definições de cookies ou clicar no botão "Aceitar" então concorda com a utilização de cookies.

Fechar